• @vitorcorrea13

Pipoca Gourmet


Pipoca: doce, salgada, de cinema, de parque de diversões. Sendo pipoca é o que importa. E o que mais eu tenho são histórias de pipoca. É muita pipoca para um único período, mas, também pudera: até o nome dela é gostoso de repetir: PIPOCA!


Desde pequeno eu mantenho uma forte relação com essa guloseima. Mais que eu, minha irmã mais velha, a Leque (Alexsandra), há muitos anos foi trollada por um amigo de infância. Essa história já tem seus bons anos, mas ainda rende muitas risadas lá na casa da minha mãe. Pois bem, desde muito pequena a Leque já era conhecida pela paixão arrebatadora pela iguaria. Um vizinho nosso, na época, malandro que era, sabia disso e se aproveitou para pregar uma peça na pobre coitada. Num belo dia, o querido chamou a inocente da minha irmã para ir ver filme na casa dele e comer pipoca. Sedenta pelo balde de pipoca, a maluquinha, vesga de desejo, encheu a mão com um punhado da "pipoca" e tocou boca a dentro. Não, não era pipoca. Era isopor. Mas sabe o que foi pior? Foi que a criatura comeu tudo sem perceber. kkkkkkkkk A gente tira com a cara dela até hoje por esse motivo.

Agora vamos falar sério. Essa receita aqui é um espetáculo a parte. Leve, crocante, deliciosa, tudo de melhor. Sinceramente, não consigo atribuir adjetivos suficientes para descrever essa maravilha. O toque do creme de avelã no final é a cereja do bolo. Não apenas a criançada vai amar, pois essa pipoca agrada gregos e troianos. Eu garanto! Faça assim que puder.


Contudo, cabe a mim informar que a pipoca, mais especificamente aquela casca amarela que a envolve, é responsável por gerar muitos processos inflamatórios na gengiva. Por isso, se faz indispensável o uso do fio dental. Escovar os dentes e passar o fio dental TODO mundo sabe que deve fazer todos os dias, mas, com essa danadinha, eu peço uma atenção especial. Outro toque que eu dou é remover os grãos que não estouraram. Ninguém aqui quer fazer uma visita desnecessária ao dentista por conta de um dente quebrado, não é mesmo? Não que o dente vai quebrar se você mastigar o grão, mas é melhor evitar para que o prazer da apreciação do prato não se transforme num pesadelo.


Ingredientes

50g de milho de pipoca estourados conforme a sua preferência (na panela, no micro ondas)

50 g de manteiga sem sal

5 colheres de sopa de açúcar mascavo

5 colheres de sopa de açúcar refinado

Pitada de sal

Creme de Avelã para decorar

Modo de Preparo

1 - Prepare a pipoca conforme a sua preferência (eu estouro o milho no micro ondas: numa vasilha própria para o uso, coloco o milho e levo para estourar. Aperto a tecla pipoca e pronto. Não coloco água, não coloco azeite, não coloco, absolutamente nada). Reserve

2 - Numa panela alta, deposite os açúcares e leve para derreter, mexendo com uma colher de pau, em fogo médio baixo. Quando o açúcar estiver completamente derretido e, levemente, marrom, acrescente a manteiga. Com o caramelo pronto, desligue o fogo e junte a pipoca que estava reservada. Incorpore até que todos os grãos fiquem envoltos pelo caramelo.


3 - Distribua as pipocas taças.


4 - Coloque o creme de avelã num saco de confeitar. Faça um pequeno furo na ponta do saco e regue o creme sobre as pipocas. Sirva a seguir.

POSTS RECENTES

© 2016 by Menu do Chef.