• @vitorcorrea13

Baião de Dois

Sou do Sul do Brasil e ainda não tive oportunidade de conhecer as regiões Norte e Nordeste do nosso Brasil, mas confesso que, após experimentar essa receita de Baião de Dois, fiquei muito, muito tentado! Inclusive, já recebi alguns convites de amigas virtuais de Natal, de Alagoas e da Bahia... Mas, primeiro, preciso criar coragem para enfrentar o clima quente de lá...


Voltando à receita, é incrível como a combinação de sabores do arroz e do feijão – ingredientes já conhecidos da cesta básica do brasileiro – tomam nova roupagem ao agregar a eles um pouco de carne de sol e um bocado de queijo coalho grelhado na manteiga. Fica tão delicioso que já começo a salivar ao imaginar o casamento perfeito dessa combinação de aromas e de sabores...

Porém, o mais bacana dessa receita maravilhosa é a maneira como ela é feita: o preparo dos ingredientes-chave está totalmente interligado o que, por sua vez, potencializa a riqueza dos sabores. Tanto a carne, quanto o feijão e o arroz são preparados com a mesma água de cozimento. Não é incrível?!?!

A receita de Baião de Dois que eu reproduzi é da apresentadora Rita Lobo (já reproduzi inúmeras vezes tamanho o sucesso que ela fez aqui em casa!). Numa dessas repetições, pedi licença poética à Mestre e utilizei no lugar da carne de sol, músculo e uma colher de sopa de sal! A diferença é que não precisa fazer a primeira troca de água de cozimento como na receita original. Acreditem, fica tão incrível quanto! E ainda exclui o processo de dessalga da carne... Outra alteração que eu já fiz, e que também deu certo, foi trocar o feijão fradinho pelo carioquinha.


Isso que eu acho fantástico na culinária: poder alterar ingredientes e, mesmo assim, ainda conseguir um prato repleto de sabores! Faça como eu, permita-se experimentar! A cozinha também é um local para pôr em prática a criatividade... Seja no preparo dos ingredientes e, até mesmo, na seleção das louças na hora de servir. Lembre-se: tão importante quanto o gosto da comida é a maneira como ela é servida...

Bom, dito tudo isso, vamos à receita?

Ingredientes

500 g de carne-seca 1 xícara (chá) de feijão-fradinho 1 xícara (chá) de arroz 1/2 cebola picada fino 1 colher (sopa) de azeite (ou óleo) 1/2 colher (chá) de sal 1 folha de louro

Modo de Preparo

1. Corte a carne-seca em cubos grandes de cerca de 7 cm - este tamanho é ideal para dessalgar a carne sem tirar completamente o sal e também para desfiar de um tamanho uniforme. Coloque numa tigela e lave em água corrente. 2. Cubra os cubos de carne com 5 xícaras (chá) de água fria. Cubra a tigela com um prato (ou filme) e deixe na geladeira por 24 horas - troque a água pelo menos uma vez durante este período. 3. Escorra a água e transfira a carne para a panela de pressão. Complete com água até a metade da panela, tampe e leve ao fogo médio. Assim que a panela começar a apitar, diminua o fogo e deixe cozinhar por 20 minutos. Desligue o fogo e espere toda a pressão sair antes de abrir (você pode colocar um garfo sob a válvula par acelerar o processo, mas isso encurta o tempo de vida da panela). 4. Despreze a água do cozimento, junte o feijão-fradinho e repita o passo anterior, mas dessa vez deixe cozinhar por apenas 10 minutos. Atenção: o feijão não pode cozinhar demais e desmanchar. Após os 10 minutos de cozimento, desligue o fogo e, com um garfo, levante a válvula para tirar a pressão da panela. 5. Com uma pinça, transfira os cubos de carne para um prato e desfie com dois garfos - descarte os pedaços maiores de gordura. Sobre uma tigela, passe o feijão por uma peneira e reserve a água do cozimento. 6. Leve ao fogo médio uma panela média. Quando aquecer, regue com o azeite e acrescente a cebola. Tempere com o sal e refogue por cerca de 2 minutos, até murchar. Acrescente o arroz e mexa bem por cerca de 1 minuto para envolver todos os grãos com o azeite. 7. Meça 2 xícaras (chá) da água do cozimento reservada e regue sobre o arroz. Junte a folha de louro, misture e deixe cozinhar em fogo médio. Assim que a água começar a secar e atingir o mesmo nível do arroz, diminua o fogo e tampe parcialmente a panela. Deixe cozinhar até o arroz absorver toda a água - para verificar, fure o arroz com um garfo e afaste alguns grãos do fundo da panela. 8. Desligue o fogo e mantenha a panela tampada por 5 minutos para que os grãos terminem de cozinhar no próprio vapor. Enquanto isso, prepare o refogado.


PARA O REFOGADO

Ingredientes

200 g de queijo de coalho em peça 70 g de bacon em cubos 1 cebola roxa 2 dentes de alho 2 colheres (sopa) de manteiga de garrafa (ou a gordura que preferir, como manteiga, azeite ou óleo) 3 talos de cebolinha fatiada folhas de coentro a gosto sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo

1. Descasque e pique fino a cebola e o alho. Corte o queijo de coalho em cubos de 1 cm. 2. Leve ao fogo médio uma frigideira grande, de preferência antiaderente. Quando aquecer, acrescente 1 colher (sopa) de manteiga de garrafa e junte os cubinhos de queijo. Deixe por cerca de 2 minutos, até descolar do fundo, e mexa com a espátula para dourar por igual. Transfira para uma tigela e reserve. 3. Mantenha a frigideira em fogo médio e adicione o restante da manteiga de garrafa. Acrescente a cebola e refogue até murchar. Junte os cubos de bacon e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até começar a dourar. Adicione o alho e mexa por mais 1 minuto. 4. Adicione a carne-seca desfiada e mexa por cerca de 2 minutos para aquecer. Acrescente 1/2 xícara (chá) da água do cozimento reservada e misture bem - isso vai deixar o baião de dois mais molhadinho. Desligue o fogo, junte o feijão-fradinho e misture bem. 5. Abra a panela do arroz, solte os grãos com um garfo e transfira para a frigideira com o refogado. Misture bem, prove e acerte o sal e a pimenta. Junte os cubinhos de queijo dourados e a cebolinha. Misture e finalize com folhas de coentro.

(Receita da apresentadora Rita Lobo disponível em: https://www.panelinha.com.br/receita/Baiao-de-dois)

POSTS RECENTES