• @vitorcorrea13

Salada de Agrião com Mandioquinha e Figo


Vocês não sabem o quanto eu sofri para poder fazer esta receita. E sabem por quê? Tudo por causa do abençoado do figo. O frutinha mais do difícil de se encontrar aqui no interior. É sério, eu sofri para encontrar os benditos. Inclusive, perdi algumas idas à quitanda para saber se o caminhão que vinha da cidade grande tinha trazido a minha encomenda.


Que engraçado, né?! Quem vê assim até pensa que eu moro num fim de Mundo, mas não. Atualmente, resido em Concórdia, interior de Santa Catarina. Apesar de ser interior, a cidade possui um dos melhores índices de desenvolvimento do Estado e do País. Como em todas as cidades, aqui existem muitos pontos positivos e outros tantos negativos. O pior dos negativos é não ter figo o ano inteiro. hahahahahaha. Brincadeira.


Esta receita tem uma combinação de sabores muito bacana, tanto que eu deixo para prepará-la em ocasiões especiais. Ano passado ela esteve presente na minha ceia. Inclusive, a foto acima, foi da ocasião. Até o dia 24/12 não se encontrava o tal do figo em lugar algum, só consegui, pois pedi para vir de Curitiba. Aí, logo na segunda semana de janeiro todos os pés de figo da região estavam completamente lotados da frutinha. Que coisa!


Mas, voltando à receita, a combinação do agrião, com o doce do figo e da batata baroa casam perfeitamente com a crocância das nozes e com a acidez da redução do balsâmico. Eles formam uma combinação e tanto digna de grandes jantares. Apesar de simples, a receita causa um excelente impacto, principalmente, quando servida em louças brancas.


Agora você já pode salvar essa receita aí nos seus favoritos para fazer naquele jantar especial, ou no almoço de aniversário de um ente querido. Tenho certeza de que todos irão gostar!

Ingredientes

1 mandioquinha (batata-baroa) 2 figos frescos 1/2 maço de agrião baby 1/4 xícara (chá) de castanha-de-caju torrada sem sal 1/4 xícara (chá) de vinagre balsâmico 1 colher (chá) de mel azeite a gosto sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo

1. Lave, descasque e corte a mandioquinha ao meio. Transfira para uma panela pequena, cubra com água e leve ao fogo alto. Assim que ferver, diminua o fogo e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos. Para ver se está no ponto, teste com um garfo: ela deve estar cozida, mas ainda firme. 2. Enquanto a mandioquinha cozinha, prepare os outros ingredientes: lave e seque as folhas de agrião; com um pano úmido, limpe a casca dos figos e corte cada um em quartos; pique grosseiramente as castanhas. 3. Assim que a mandioquinha estiver cozida, passe por uma peneira para escorrer bem a água. Deixe esfriar enquanto prepara o molho. 4. Numa panela pequena, coloque o vinagre balsâmico e leve ao fogo médio. Assim que ferver, junte o mel, misture e diminua o fogo. Deixe cozinhar por cerca de 5 minutos até engrossar. Transfira para uma molheira. 5. Assim que a mandioquinha esfriar, corte em rodelas de cerca de 1 cm de espessura. 6. Forre uma travessa com o agrião. Disponha, entre as folhas, as rodelas de mandioquinha e os quartos de figo. Regue com o molho e azeite a gosto. Tempere com sal e pimenta-do-reino. Salpique as castanhas picadas e sirva a seguir.


(Receita da apresentadora Rita Lobo disponível em: Panelinha)

POSTS RECENTES

© 2016 by Menu do Chef.